quarta-feira, 31 de maio de 2017

Entrega de prémios do Concurso Literário Águas Santas

No dia 24 de maio decorreu no Auditório da Junta de Freguesia de Águas Santas a cerimónia de entrega de prémios do Concurso literário Águas Santas.


Os premiados foram:


Parabéns aos vencedores e a todos os participantes nesta iniciativa.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Escritores de Palmo e Meio

Duarte Oliveira - 4º C - Centro Escolar da Gandra 

Vida de bola

Eram três… três bonitas e enérgicas bolas de futebol, que habitavam num casarão encantador, na cidade do Porto. Para além das bolas, moravam naquela casa um rapaz chamado Rúben e os seus simpáticos pais.
As bolas eram distinguidas pelos seus nomes: Balança, Nokas e Ardidas. Elas gostavam de participar em diversas atividades com o menino como pinchar na lama e serem pontapeadas para as redes das balizas, no campo de futebol que existia perto de casa. Quando não estavam a brincar, as bolas eram colocadas nos seus lugares de destaque, no quarto do Rúben, cada uma na sua prateleira. Aquele quarto era bastante colorido e era ocupado por outras dezenas de brinquedos. Contudo, as bolas eram mesmo os brinquedos preferidos do rapaz. Isto porque Rúben era completamente apaixonado por futebol. Até era conhecido pelos amigos como Maluquinho da Bola!
Quando as bolas estavam sozinhas, ganhavam vida própria e faziam diversas coisas como discutir assuntos importantes e secretos, trocar de prateleiras, pinchar na cama e muitas outras coisas.
Certo dia, algo inesperado ocorreu. A Balança tinha desaparecido! Naquele dia, Rúben foi brincar com a Balança e no final do dia não a trouxe para o quarto.
- Que estranho - comentaram as duas bolas. – Por onde andará a Balança?
Os dias foram passando e nem uma notícia da Balança! As amigas ficaram mesmo preocupadas… E mais preocupadas ficaram no dia em que o Rúben trouxe para o quarto, para o antigo lugar da Balança, uma outra bola, a Pomada.
- Talvez se tenha perdido no campo de futebol - comentou a Ardidas.
- Ou talvez pior que isso! Pode ter sido furada, e ido parar ao caixote do lixo!!! - exclamou a Nokas, apavorada.
Com o tempo a Balança foi esquecida!
A Pomada era muito alegre, bastante educada e um pouco faladora e as outras bolas ficaram amigas dela.
Uns bons meses depois, Rúben abria um presente de Natal enquanto as bolas sussurravam umas com as outras.
- O que será aquilo? – perguntou a Nokas.
- Parece-me que é roupa! - exclamou a Pomada.
No entanto, de dentro do embrulho veriam sair uma nova e renovada Balança!
- Que estranho! – exclamou a Ardidas. – A Balança não tinha desaparecido?
E logo, todo eufórico, Rúben foi expor a sua renovada, e ainda mais bonita Balança, na sua prateleira própria para bolas, substituindo a Pomada, que foi colocada no chão do quarto.
Quando Rúben abandonou o quarto, a Balança exclamou:
- Há quanto tempo não vos vejo!
- Por onde andaste? – perguntou a Nokas.
- Eu andei num camião…
- Não, não. Queremos saber onde estiveste, não em que veículo andaste. – disse a Pomada.
- Então, eu estive nas mãos dos jogadores do FC Porto!
- Uau! E depois, e depois? – interrogou a Nokas.
- Depois, como veem, fui autografada pelos próprios jogadores!
- E mais, e mais? – questionaram as duas.
- Para além disso, até pisei o relvado do estádio. Foi uma experiência inesquecível!
Poucos dias depois, os pais do Rúben disseram ao rapaz que estavam fartos de ver a Pomada sempre a rebolar por toda a casa e que iriam arrumar a bola na garagem ou no sótão.
A Ardida e a Nokas ficaram felizes por voltarem a ver a amiga Balança, mas por outro lado também sentiram falta da Pomada, pois já tinham criado amizade com a bola.
Com o passar do tempo, Rúben começava a brincar cada vez mais com a Balança e as outras bolas até pareciam espectadores de futebol, porque eram bolas de futebol e raramente brincavam com o rapaz.
- Que chatice! Quase nunca brincamos com o Rúben! – exclamou a Ardidas.
- Tens razão. Agora ele só joga com aquela vaidosa! – exclamou a Nokas.
E a Ardidas continuou:
- Até parece que nem existimos!
- Para me entreter, vou para a cama do Rúben pinchar. – afirmou a Nokas.
De repente, o rapaz entrou no quarto com a Balança e ouviu as bolas a falarem.
- Mas como é que…? Vocês falam?
- Aaaaah…Sim, nós falamos! – exclamou a Ardidas.
- Mas como? – interrogou o rapaz.
- Nós temos superpoderes! – explicou a Nokas. - A Balança e a Pomada também os têm.
- Eu estou espantado com a situação!
- Não te preocupes! A tua vida não mudará nada! – exclamou a Nokas. Continuas a brincar connosco da mesma forma.
- Ok! Não me vou preocupar mais! Mas qual era o assunto da vossa conversa anterior, antes de eu chegar ao quarto?
- É que, às vezes, parece que não existimos. Tu só dás atenção à Balança… E temos saudades da Pomada. - explicou a Ardidas.
- Desculpem-me! É que já não via a Balança há séculos e então queria estar com ela algum tempo, só isso.
- A sério que ainda não reparaste que quase nunca nos tocas? – perguntou a Nokas.
- Sim! Agora!
- Hahahaha! – riram-se todos.
- Sabem uma coisa, vou pedir ao meu pai para construir mais uma prateleira, para a Pomada. E isto vai ser um segredo, está bem?
-Sim!!!!!! – responderam todas.
- Filho, tens aí algum amigo? - perguntou a mãe.
- Não, só estou a falar ao telemóvel!
- Que telemóvel? Tu não tens telemóvel!
- Uuuuuups!

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Concurso Nacional de Leitura - fase distrital

Decorreu hoje, de maio, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, a fase distrital da 11ª edição do dia 10 Concurso Nacional de Leitura.
Esta iniciativa que visa promover o gosto pela leitura é  promovida pelo Plano Nacional de Leitura em parceria com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, a Rede de Bibliotecas Escolares, a RTP e o Pelouro da Cultura da Câmara Municipal do Porto.
 Para atingirem a desejada final nacional, os candidatos tiveram de transpor, em primeiro lugar, a barreira da fase preliminar de eliminatórias, que se realizou na escola, para depois disputarem as fase distrital, na biblioteca municipal selecionada.
 Nesta 2ªfase, as provas foram divididas em duas categorias: 3.º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário.
A nossa escola foi representada pelos alunos leitores Ana Margarida Cordeiro, nº 2, 9ºB; Diogo Martins (7ºB), Patrícia Santos (9ºC), Marta Cardoso (10ºC), Sara Santos (10ºG) e Fernando Silva (10ºC).
A prova decorreu num ambiente de festa em torno do livro e da leitura, com pequenos momentos recreativos e culturais.

Parabéns aos alunos participantes e respetivos professores de Português!









terça-feira, 2 de maio de 2017

Realizou-se hoje, no Fórum da Maia, mais um espetáculo LS2 – Leituras, Sentidos e Saberes - concebido e desenvolvido pela Rede de Bibliotecas da Maia.
Este evento proporciona à comunidade educativa o contacto com a obra e autores portugueses. Este ano foi homenageada a escritora Ana Saldanha, presenteada com diversos trabalhos realizados pelos alunos do concelho.
Os alunos da turma 7º I e do Clube de Leituras dramatizaram brilhantemente "O Sam e o Som".
Os alunos do 4º BM do Centro Escolar da Gandra abrilhantaram o espetáculo dramatizando "O Tesouro do Palácio".
Parabéns a todos!
4ºBM - Centro Escolar da Gandra

Clube de Leitura - Escola sede

quinta-feira, 30 de março de 2017

Encontro com o ilustrador Rui Castro

A tarde de 30 de março foi muito colorida e enriquecedora para os alunos das turmas A, B, G, E, F e I do 5º ano, pois tiveram o privilégio de receber na Biblioteca o ilustrador Rui Castro, autor das ilustrações das obras Irmão Oceano, Fernando Pessoa, o menino de sua mãe, A Casa da Poesia e Gato preto e passarinhos azuis, entre outras.
Os alunos ficaram encantados com a magia do trabalho deste autor, para o qual "ilustrar é dar forma e cor às palavras e dar novas formas às formas".
Rui Castro apresentou a todos os presentes o seu método de trabalho, projetando imagens e originais de alguns dos seus trabalhos de ilustração.
Houve ainda tempo para os alunos satisfazerem a sua curiosidade, colocando ao autor questões, intervindo na sessão de forma adequada e pertinente.
Os encontros foram finalizados com um verdadeiro momento artístico. Rui Castro elaborou, perante os olhares curiosos dos alunos, uma ilustração que gentilmente ofereceu à escola, deixando assim mais uma marca da sua passagem no nosso Agrupamento.










quarta-feira, 29 de março de 2017

Entrega de Prémios

Na Semana da Leitura, no dia 28 de março, ocorreu a  entrega de prémios de atividades desenvolvidas ao longo do ano letivo, a saber:
- Os Melhores Leitores da Biblioteca;
- Árvore dos Afetos;
- "Rendez-vous en Français".

Esta cerimónia reuniu, na Biblioteca,  alunos premiados, professores que promoveram as atividades e  elementos da Direção do agrupamento.
O Senhor Diretor dirigiu-se a todos os professores e alunos presentes, elogiando o seu empenho na dinamização /participação nas atividades desenvolvidas. Salientou a importância da leitura, da expressão escrita e do domínio das línguas estrangeiras, reforçando, a propósito de uma das atividades,  a ideia de que "somos uma escola de AFETOS".
Tratou-se de um momento descontraído e de boa disposição. 

Muitos parabéns a todos os alunos que participaram nestas atividades!













segunda-feira, 27 de março de 2017

Música e poesia na Biblioteca

A Biblioteca encheu-se de música e poesia para acolher a Semana da Leitura.
As alunas Gisela Monteiro e Mariana Monteiro encantaram todos os presentes com um momento musical e elementos do Clube de Leitura recitaram de forma entusiástica  um excerto da obra Casa da Poesia de José Jorge Letria.
Parabéns a todos os participantes!





quinta-feira, 23 de março de 2017

Semana da Leitura 2017 - Programa




Folhas da "Árvore dos Afetos"

 E os vencedores do Concurso "Árvore dos Afetos foram:


1.º Classificado: Gonçalo Filipe Ribeiro Faria, n.º 17, 8.º E;
2.º Classificado: Lara Alexandra Ribeiro Silva, n.º 15, 9.º I;
3.º Classificado: Ana Beatriz da Silva Monteiro, n.º 2, 8.º K.

Muitos parabéns a  todos os participantes!















quarta-feira, 22 de março de 2017

A Casa da Mosca Fosca

Após a leitura do conto "A Casa da Mosca Fosca", os alunos do 2º B imaginaram o cenário, construíram personagens e... ensaiaram. 
A Biblioteca foi palco de um momento mágico.










segunda-feira, 13 de março de 2017

Hora do Conto

Oa alunos do 4ºA do Centro Escolar da Gandra elaboraram trabalhos criativos a partir da leitura do conto "Ynari - a menina das cinco tranças" de Ondjaki.

Raquel, Letícia, Mafalda e Daniela

Inês

Rita

Ana Luísa

Tiago, Francisco, Salvador e Rúben

Vitória, Rui, Lara e Maria

Gonçalo, Rodrigo, Rafael e Afonso