sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

NATAL EM POESIA

DIA DE NATAL
É dia de ser bom,
É dia de passar a mão pelo rosto das crianças,
De falar e de ouvir com mavioso tom,                                                              
De abraçar toda a gente e de oferecer lembranças.
É dia de pensar nos outros e, também, nos que padecem
De perdoar aos nossos inimigos, mesmo aos que não merecem.
                                                                           António Gedeão


Natal é em dezembro
mas em maio pode ser.
Natal é em setembro
é quando um homem quiser.
Natal é quando nasce
uma vida a amanhecer.
Natal é sempre o fruto
que há no ventre de uma mulher.

                                             José Ary dos Santos


CHOVE. É DIA DE NATAL

Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.

E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés.
                                                    Fernando Pessoa




1 comentário:

  1. O Natal é uma época especial! As pessoas, em geral, procuram dar o que de melhor têm dentro de si!
    Os nossos alunos, os professores também colaboraram com a Biblioteca, fazendo postais de Natal, em Português e em Francês.A exposição ainda decorre.VISITE-A ! BOM NATAL!
    Izilda Ribeiro-Biblioteca

    ResponderEliminar